A Proposta de um Programa de Especialização Técnica Superior em Criminologia e Criminalística, como uma área de preocupações científicas e tecnológicas no campo de órgãos de investigação policial ou forças de segurança, em criminalística e criminologia, está especialmente inscrita no programa de disciplinas. mulheres cientistas na área de investigação policial e especialistas interessados ​​em se aprofundar em tópicos relacionados. O conceito de criminologia concentra-se na necessidade de atualização constante; portanto, os novos fenômenos criminais adquiriram enorme relevância e aumentam a necessidade de combater o crime, fornecendo soluções de uma perspectiva científica, investigando as causas, extensão, previsão, prevenção, tratamento e, por sua vez, analisando soluções. Da mesma forma, a criminalística agrupa um conjunto de disciplinas cujo objetivo comum é, através de uma metodologia científica, materializar as evidências para fins judiciais de uma perspectiva técnica, como evidenciado na estrutura curricular da especialização técnica. É, portanto, fornecer evidências à Justiça para esclarecer os crimes e descobrir a responsabilidade do povo a partir da abordagem técnica. É promovido o treinamento para ações investigativas de técnicos superiores nas áreas de criminologia e criminalística, dado o contexto sócio-político e jurídico em que é desenvolvido o tratamento de evidências e conhecimentos técnicos sobre criminalística e criminologia. Este plano de estudo integra vários aspectos: O vínculo com a comunidade internacional durante todo o treinamento, abordando problemas em contextos reais com a participação de diversos atores no nível investigativo internacional; a consideração da multidimensionalidade de tópicos e problemas de estudo; bem como a concepção de uma pesquisa documental e participativa, em equipes interdisciplinares e o desenvolvimento de visões atualizadas e orgânicas de todo o campo de estudo, em perspectiva histórica, e apoiadas por suportes epistemológicos coerentes e criticamente fundamentados. Criminalística e criminologia em geral constituem o conjunto de ciências naturais e direito, aplicado à investigação criminal, a serviço de entidades que buscam justiça, respeitando os regulamentos relacionados e o rigor científico necessário em sua produção.

Descrição do Programa
Recursos do programa
Denominação
Especialização Técnica em Criminologia e Criminalística
Grau concedido
Técnico Superior Especializado em Criminologia e Criminalística
Número de créditos incluídos no programa de treinamento
42 Unidades Créditos
Tipo (artículo 34 gaceta 37.328del 20 de novi

Duração Máxima do Programa
 (artículo 25 sección B gaceta  37.328 del 20 de noviembre 2001) 3 anos
Duração dos Cursos Estabelecidos
1 ano

La Especialização Técnica, foi configurada em Criminologia e Criminalística; com base em um conjunto de disciplinas técnicas e práticas que contribuem para as diferentes funcionalidades das áreas de investigação, polícia e criminal. A importância do treinamento de técnicos superiores por meio da especialização técnica é evidente, pois o fundamento técnico da prática pode ocorrer sob diferentes perspectivas e perspectivas disciplinares, como: Sociologia Criminal, Criminalística Aplicada, Teoria do Crime, Criminologia. Forense, Seminário de Pesquisa, Criminologia Cibernética, Psicopatologia, Direito Penal e Penitenciário, Crime e Tratamento, Vitimologia e Vitimologia, Relatório de Pesquisa; como um conjunto de disciplinas técnicas que ajudam a polícia e a justiça a determinar as circunstâncias exatas da prática de uma ofensa e a identificar seus autores, fortalecidas pelos processos científicos propostos nas técnicas enquadradas na criminologia e criminalística.

É aí que se vislumbra a relevância, coerência, relevância e validade da especialização técnica como produção e aprofundamento do conhecimento, sendo inevitável a dimensão histórica, social e política; bem como nas outras áreas de crescimento. Por outro lado, existem inúmeras definições que, através da dialética e da historicidade, tentam interpretar os processos investigativos aplicados na especialização como produção de conhecimento e abordagem prática. Consequentemente, a especialização técnica enfatiza a necessidade de produzir conhecimento prático com base no uso de avanços nas comunicações, trocas e expansão progressiva.

Da mesma forma, é necessário encaminhar a necessidade de atualizar e aprofundar o mundo do conhecimento a profissionais técnicos de pesquisa científica, policial, militar, com amplo conhecimento de sua disciplina, para realizar de forma independente investigações originais cujos resultados são contribuições significativas para o conhecimento, desenvolvimento e aplicações com nível de excelência em cada uma das filiais

Objetivos gerais do programa

Treinar profissionais técnicos na área do conhecimento que deriva da possibilidade de manter um grupo coeso com uma única missão: oferecer profissionais técnicos de alta qualidade como um sentimento de pertencer à execução de processos na área de harmonia com seu espaço. com base em novas técnicas, para que possam enfrentar, enfrentar e resolver situações que surjam no ambiente investigativo e policial.

treinar e treinar participantes técnicos para trabalhar como Especialista Judiciário e ser indicado pelos Tribunais como Criminalista para agir como tal, com a capacidade de coletar evidências e coletá-las em relatórios de especialistas e defendê-las em processos judiciais, integrando recursos e adicionando métodos e técnicas para alcançar uma opinião global combinada

Treine os participantes técnicos com ferramentas teórico-técnico-práticas que lhes permitam orientar os aspectos da criminalística e criminologia.

Sensibilizar os participantes para a importância dos processos práticos do crime, interpretando os estudos derivados da atividade especializada realizada no processo de investigação no âmbito da criminologia e criminalística.

Destinado a Técnicos da Universidade Superior ou profissionais de diferentes níveis, modalidades que desempenham funções no campo policial ou apoiam em espaços de investigação criminal forense, criminalística e criminal. Técnicos superiores e profissionais envolvidos no contexto sócio-político e jurídico em que o manuseio de evidências e conhecimentos científicos sobre criminologia e criminalística, a força policial, especialistas em polícia, forças de segurança, militares e especialistas credenciados. Além disso, os profissionais de terceiro nível cuja carreira está relacionada à justiça podem ter acesso.

REQUISITOS:

Cópia do Black Fund ou do título de técnico superior ou pré-graduação ou profissional autenticado pelo Ministério do Poder Popular para o Ensino Universitário, ciência e tecnologia, se ele se formou em uma Universidade Privada ou foi certificado pela Universidade se é Público, com vista ao original. Se você é estrangeiro, deve entrar na apostilha do documento e autenticado pelo órgão governamental do seu país.

Cópia das Notas de Pré-graduação TSU certificadas pela Universidade de Origem com vista ao Original.

Cópia da Certidão de Nascimento (legível) ou Registro de nascimento de ser uma Cópia estrangeira (legível) com vista ao Original

3 A fotocópia do bilhete de identidade ou documento de cidadania ou identificação do seu país de origem foi expandida para 200%.

2 fotos frontais do tamanho de um passaporte.

Síntese vocativa ou curricular, no máximo 2 folhas. Se você é estrangeiro, uma cópia do seu passaporte e visto de estudante.

Carta de deontologia ou compromisso.

Se o candidato receber uma bolsa de estudos por uma instituição pública ou privada, deverá fornecer uma carta de compromisso da instituição que concedeu a bolsa.

Ter passado no curso de iniciação ao mestrado como requisito para ingresso

Cumpra e cumpra os regulamentos internos da IESIP.

E

A pós-graduação do Técnico Superior Especialista, da IESIP, está emergindo como profissional com valores, atitudes e traços pessoais para o cargo que desempenhará. A seguir, é apresentada a tabela de perfis operacionais focada na configuração n de competências de perfis vinculadas aos cursos do programa. A pós-graduação da Especialização Técnica IESIP em Criminologia e Criminalística está emergindo como um profissional técnico com valores, atitudes e traços pessoais para a função:

Analítico

Assessor e Consultor

Com visão sistêmica e pensamento dedutivo e indutivo.

Sintético.

Holopractor.

Resolver problemas das demandas da sociedade no campo criminal.

Procedimentos jurisprudenciais criminais comprometidos.

Socializer

Investigador