A Proposta do Programa de Doutorado em Ciências Forenses e Criminalísticas é apresentada como um campo de preocupações científicas e tecnológicas na sociedade dos órgãos de investigação policial ou forças de segurança; no crime forense, é especialmente incluída no programa de disciplinas científicas da área de pesquisa policial e ciências jurídicas e sociais.

O desenho do doutorado foi configurado de acordo com as disposições do regulamento geral de estudos de pós-graduação para universidades e instituições devidamente autorizadas pelo Diário Oficial da União Nacional de CNU nº 37.328, de 20 de novembro de 2001. Consequentemente , coberto pelo artigo 13 do absurdo normativo e levando em consideração o modelo curricular, pedagógico e andragógico do Instituto de Pesquisas Superiores e Estudos de Pós-Graduação (IESIP), este projeto atende aos requisitos deste regulamento e do Ministério da Poder popular para a educação universitária.

A formação do futuro médico baseia-se na integração de conteúdos e experiências que visam à formação no exercício da cidadania democrática, solidariedade, cultura de paz, construção coletiva e ação profissional transformadora com responsabilidade ética e perspectiva sustentável. Da mesma forma, na investigação criminal com diagnóstico e prevenção para minimizar os riscos criminais, o vínculo com a comunidade internacional, abordando problemas em contextos reais, com a participação de diversos atores nos níveis internacional, investigativo, forense e jurídico.

Os cursos serão oferecidos sob a formação de educação a distância, interinstitucional, presencial e semi-presencial, de acordo com as necessidades do grupo e o contexto em que será desenvolvido com apoio em redes sociais e TICs e TAC.

Descripción del Programa Características del programa
Denominación Doctorado en Ciencias Forenses y Criminalística
Grado que Otorga Doctor o Doctora en Ciencias Forenses y Criminalística
Número de Créditos que contempla el programa de Formación 83 Unidades Créditos
Tipo (artículo 34 gaceta 321.323

del 20 de noviembre 2001)

Interinstitucional, presencial, semipresencial y a distancia
Duración Máxima del Programa (artículo 27 sección B gaceta

321.323 del 20 de noviembre 2001)

5 años
Duración de los Cursos Establecidos 2 años
Unidades Acreditables 12 unidades créditos desarrollados en los estudios individualizados I, II y III
A criminalística e o campo forense em geral constituem o conjunto de ciências naturais e direito, aplicado à investigação criminal, a serviço das entidades que buscam justiça, respeitando os regulamentos relacionados e o rigor científico necessário em sua produção.

Nessa ordem, a conformação de ambientes abertos de pesquisa em comunicação, apoiados por suportes tecnológicos, baseia idéias no cenário internacional, através do debate de idéias, criticidade, respeito e valorização da diversidade, multiplicidade de fontes de informação, integração de Participantes como interlocutores e a demanda por reflexão e ação como elementos indispensáveis ​​para a investigação associada a ambientes de treinamento vinculados às necessidades e características das diferentes localidades que propiciam o conhecimento da investigação científica do crime e interpretam os estudos derivados da atividade perito realizado no processo de investigação criminal, que permite à autoridade competente ajudar a esclarecer os fatos.

OBJETIVO E OBJETIVOS DO PROGRAMA

O objetivo do doutorado em Ciências Forenses e Criminais é fortalecer a aplicação do conhecimento da investigação científica do crime e interpretar os estudos derivados da atividade especializada realizada no processo de investigação criminal, que permite à autoridade competente esclarecer dos fatos.

Objetivos gerais

Treine os participantes com ferramentas teóricas, tecno-práticas e metodológicas que lhes permitam orientar aspectos do crime e do campo forense em geral.

Sensibilizar os participantes para a importância da investigação científica do crime e interpretar os estudos derivados da atividade especializada realizada no processo de investigação criminal.

Gerar no participante o conhecimento, entendimento e aplicação das ciências forenses e criminais e das ciências da investigação.

O grau acadêmico de Doutor em Ciências Forenses e Criminais requer um processo sistêmico que responda à necessidade de profissionais, capazes de analisar e desenvolver pesquisas e documentos científicos. ntal aplicada ao campo forense, projetar, avaliar e aplicar técnicas metodológicas teóricas na prática profissional, definindo procedimentos na área forense, pode realizar atividades relacionadas ao diagnóstico, planejamento, observação, análise e síntese de pesquisas em casos específicos

Destina-se a profissionais com mestrado, sociólogos, advogados e outros profissionais de diferentes níveis e modalidades que exercem funções no campo da investigação forense e criminal. Da mesma forma, seja profissional ou graduado, mestre em qualquer disciplina relacionada às ciências forenses, medicina, criminologia, antropologia, questões criminais e criminais ou em disciplinas relacionadas à área. Conhecimento profissional e científico relacionado às áreas de conhecimento do Doutorado em Ciências Forenses e Criminais.

Profissionais envolvidos no contexto sociopolítico e jurídico em que se desenvolve o manuseio de evidências e conhecimentos científicos sobre criminalística e ciências forenses, são considerados apropriados principalmente para operadores de justiça, promotores, servidores judiciais, defensores públicos, funcionários públicos Serviço Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, especialistas em polícia, forças de segurança, militares, especialistas credenciados, advogados de prática livre e outros. Além disso, os profissionais de terceiro nível, cuja carreira está relacionada à justiça, podem acessar.

Exigências

Qualquer profissional interessado em ingressar como participante do Doutorado em Ciências Forenses e Criminais deve enviar uma inscrição ao programa do Instituto de Pesquisa Superior e Estudos de Pós-Graduação (IESIP), acompanhada dos seguintes requisitos de inscrição:

  • Cópia do pré-diploma ou do diploma profissional autenticado pelo Ministério do Poder Popular para o Ensino Universitário, se for formado em uma Universidade Privada ou certificado pela Universidade, se for Público, com vista ao original. Se você é estrangeiro, deve entrar na apostilha do documento e autenticado pelo órgão governamental do seu país.
  • Cópia das notas de pré-graduação certificadas pela Universidade de origem com vista ao original.
  • Cópia do Fundo Preto ou Pós-Graduação (magister) autenticada pelo MPPEU se você for formado em uma Universidade Privada ou certificado pela Universidade se for Público, com vista ao original. Se você é estrangeiro, deve entrar na apostila do documento.
  • Cópia da Certidão de Nascimento (legível) ou Registro de nascimento de uma Cópia estrangeira (legível) com o objetivo de
    3 A fotocópia do bilhete de identidade ou cidadania ou documento de identificação do seu país de origem foi ampliada para 200%.
    2 fotografias em tamanho frontal
    Síntese curricular vocativa ou máxima 2
  • Se você é um passaporte estrangeiro e uma cópia do visto
  • Carta de Deontologia
  • Se o candidato obtiver uma bolsa de estudos por uma instituição pública ou privada, ele deverá assinar uma carta de compromisso da instituição que concedeu a bolsa.
  • Passaram o curso de indução ao Doutorado como requisito para ingressar no
O Doutor em Ciências Forenses e Criminais faz parte da pesquisa baseada nas fontes exigidas na preparação e defesa de uma tese de trabalho independente e inédita que combine sua relação com os cursos desenvolvidos no programa e enquadrados em uma linha de certificação com ela a competência do pesquisador autônomo. A pós-graduação do Doutorado em Ciências Forenses e Criminais, da IESIP, está emergindo como profissional com valores, atitudes e traços pessoais para a função que exercerá.

Da mesma forma, seu perfil possui pontos fortes em técnicas, ferramentas e métodos específicos para realizar pesquisas científicas, facilitar a pesquisa documental, jurídica e científica, bem como para o trabalho em equipe, analisar problemas e aplicar os princípios da criminologia e criminalística. em casos específicos, mantenha um pensamento analítico, crítico e criativo, mostrando uma atitude de responsabilidade, tolerância, respeito, comprometimento, honestidade e transparência, com um senso de ética profissional enquadrado na criatividade, inovação e qualidade

Para se qualificar para o título de Doutor em Ciências Forenses e Criminais, o participante deve:

  • Ter o número de Unidades de Crédito aprovadas indicado no Plano de Estudo para cada uma das disciplinas de treinamento básico, específico e investigativo estabelecidas no.
  • Tendo desenvolvido todas as horas acadêmicas estabelecidas no Plano de Estudo da
  • No final de cada período, o IESIP concederá a você a credencial de aprovação
    Seja academicamente e administrativamente solvente com o
  • Cumprir as normas e disposições estabelecidas pela IESIP, no que se refere ao processo Exit, dentre elas a socialização e defesa da Tese de Doutorado; que normalmente deve ser cumprida dentro de um período máximo de 5 (cinco) anos, contados do início formal de seus estudos, conforme estabelecido pela Gazeta 37.328, de 20 de novembro de 2001, em seu artigo 27, alínea b). do Ministério da Educação, Cultura e Esportes da República Bolivariana da Venezuela.

Qualquer outro requisito estabelecido pelo IESIP.

 Duração do Programa

O programa de doutorado em Ciências Forenses e Criminais terá duração mínima de 156 semanas, equivalente a 36 meses, com distribuição e consistência de 1088 horas representando 86 unidades de Crédito, especificadas da seguinte forma: 960 horas de processo acadêmico, distribuídas no primeiros cinco (V) períodos equivalentes a 76 unidades de crédito e 128 horas adicionais de pesquisa de campo e tutoria para consolidar a tese de doutorado com 10 unidades de crédito, totalizando 1086 horas e 86 unidades de crédito. Isso permite observar a profundidade do conteúdo, procedimentos, aprendizado profundo e conhecimento prático-metodológico.

Recursos do programa

Entre as características do programa, os cursos são oferecidos sob a formação de educação a distância, interinstitucional, presencial e semi-presencial, de acordo com as necessidades do grupo e o contexto em que será desenvolvido, com apoio em redes sociais e TICs e TAC

Nessa ordem, é necessário mencionar que o doutorado estabelece dentro de sua estrutura de sujeitos de exigência de formação em investigação o perfil que é distribuído: Epistemologia, Filosofia das Ciências, Estudos Individualizados.